notícias

Ceará tem 37% de chances de chuvas abaixo da média no próximo trimestre

Ceará tem 37% de chances de chuvas abaixo da média no próximo trimestre

21

fevereiro

O prognóstico da Funceme para março, abril e maio de 2017 indica que há 37% de probabilidade do Ceará ter chuvas abaixo da média.  As chances de haver precipitações em torno da média é de 43% e, na categoria acima da média, 20%.  Apesar de boas chuvas, a probalidade do estado ter precipitações abaixo da média aumentou em relação ao prognóstico inicial para janeiro, fevereiro e março quando apontou 30%. Apresentado pelo presidente da Funceme, Eduardo Sávio Martins, o prognóstico trouxe as probabilidades de cada uma das três categorias (abaixo, em torno e acima da média histórica) referentes ao acumulado de precipitações dos próximos meses. O prognóstico foi apresentado na manhã desta terça-feira (21) pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) no auditório da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), no Parque Iracema, em Fortaleza. Fator El Niño
De acordo com Eduardo Sávio Martins, o El Niño que sempre é o principal fator que influencia uma perspectiva de persistência da seca no Ceará ainda não se formou, mas há uma tendência do mesmo ocorrer.  O El Niño traz impactos negativos no regime de chuvas do Estado principalmente nos meses de abril e maio. Oceanos
Segundo a Funceme, o padrão observado das análises de Temperatura da Superfície do Mar (TSM) dos oceanos Pacífico Equatorial e Atlântico Tropical, nas últimas três semanas (de 22 de janeiro de 2017 até 18 de fevereiro de 2017), indicou apenas uma área no centro do oceano Pacífico Equatorial com anomalias negativas de TSM, alcançando até -1º C. No oceano Atlântico tropical, as águas estiveram predominantemente neutras tanto na bacia norte quanto na bacia sul, porém, com algumas áreas mais aquecidas do que o normal, em até 1º C a mais, na bacia Norte, e uma pequena área mais fria do que o normal próxima da costa leste do Nordeste, em até -1º C, de forma que o dipolo do Atlântico se apresenta levemente positivo, indicativo de uma condição que não é idealmente favorável ao posicionamento regular da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) sobre o setor norte do Nordeste, apontando uma tendência  do trimestre março, abril e maio acumular uma média de chuva para esse período entre normal e abaixo da média histórica desses meses.   Fonte:G1 CE

visitante

2 3 8 6 1

envie seu comentário...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar

peça seu som...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar